OSHENGRAH

A nova consciência

A Igreja da Alma

Stacks Image 3760

Nossa Senhora estabeleceu em 2000 do nosso tempo Terra, a Igreja da Alma, na qual o Deus do Céu suscitará um reino que não será jamais destruído; este reino não passará a outro povo: todos os reinos serão esmiuçados e consumidos, mas este subsistirá para sempre (Dan.2:44)
Esta Igreja foi estabelecida do mando de Deus e para isso Elias veio de novo enviado à Terra para converter os corações dos pais aos filhos e dos filhos aos pais. (Mal.4:5-6)
A Mãe é a Imaculada, a Compassiva, a Que dirige os Corações para o Seu Filho; dando a entender ao mundo que a genealogia mais importante a estabelecer é a Genealogia Celestial.
Todos os homens são membros das Cidades de Luz Coloniais que Deus espalhou no Alto Astral Terrestre, como células do Paraíso, a fim de que toda a Humanidade e todos os povos despertem para a família Humana a estabelecer-se.
O Cristo é um Buddha Divino também.
O homem que sobe pela Santidade ao estado de Cristo, entra na Doutrina do Coração e segue o Nobre Caminho do Meio ou das “Oito Perfeições”, alcança a Iluminação.
Torna-se no Mestre (quando o aluno está preparado o Mestre “aparece”) e alcança o Paranirvana.
A Igreja da Alma é a Doutrina da Compaixão, é a Mãe Divina e o Filho Divino, unidos no plano de Resgate, aqui e agora.
Todo o Conclave de Santos (Mestres Ascendidos) trabalha para a tomada de Consciência – o Despertar da Alma.
A unidade de Corações é o elo familiar que temos como Almas, filhos de Deus, Irmãos Cósmicos, oriundos das mais diversas proveniências do vasto Campo do Universo, mas todos unidos num só objectivo – o aprendizado aqui e agora, neste planeta maravilhoso, chamado Terra; onde o Nosso Lar Espiritual nos tutela com as Colónias de Luz, unificando-nos na Grande Família de Almas, que visam encontrar aqui o ponto de unificação e sintonia.
Esta unidade e espírito familiar são para ser conservados além-túmulo, na passagem dimensional do véu da “morte” ou desencarnação, onde iremos ter uma consciência nova da vida e uma visão mais abrangente do Plano de Deus e a peregrinação das Almas.
Os Templos a serem erigidos ao Altíssimo são os Templos da Catedral do Coração, a serem erigidos no cume das Montanhas (o Sinai da Alma) nos últimos dias (Is.2: 2-3).

Carlos Carvalho Abril 2012