OSHENGRAH

A nova consciência

A Origem Biológica do Homem

A Serpente de Plumas, ou dinossauro marinho, conhecido também por Leviatã, foi um dos répteis mais evoluídos da cadeia terrestre, o qual tinha medula óssea idêntica à dos mamíferos de sangue quente. Alguns dinossauros eram de sangue quente. 
Stacks Image 3766

Os extraterrestres, os Elohim, manipularam gradualmente o sáurio, a fim de se irem dando mudanças graduais. As barbatanas evoluíram em pequenos braços embrionários, pela mutação induzida, passando a um estado de semi-serpente, semi-humano, quase girino (fig. 3),
Stacks Image 3768



onde, mais tarde novas manipulações o tornam um animal mais humano, porém ainda aquático (fig. 4)
Stacks Image 3773
Mais umas manipulações o tornam anfíbio, saindo dos mares, invade a terra, tendo cerca de 9 metros de altura e a capacidade de estar erecto, caminhar erecto (fig. 5).
Stacks Image 3776
Mais tarde este ser é operado a bordo nas naves, onde as glândulas da pineal e do cóccix são intervencionadas para que ele reduza a altura (fig. 6)
Stacks Image 3779

Futuras intervenções transformam o réptil no ser adâmico.
Desenvolvem-lhe os 2 sexos de forma androgínica ou hermafrodita, melhor dizendo, para poder transmitir as características genéticas e hereditárias (fig. 7).
Stacks Image 3782
Estes seres são posteriormente manipulados para lhes separar os sexos e os criar machos e fêmeas (Fig.8)

Viveu o Primeiro Adão ou a Primeira Raça 20 mil anos antes da separação dos sexos. (Informação dada pelos E.T. a Carlos Carvalho). Foi chamada a Raça Arquetípica, Adâmica Celeste ou do Segundo Adão.
Stacks Image 3785

Esta foi a Raça que decaiu e deu origem à Raça Humana, à qual Deus "vestiu as túnicas de pele" (a encarnação material das três Dimensões), possuindo a inteligência individual, com o sopro do Espírito, obra do Cavaleiro Eterno e Imortal (O Espírito) ao qual se unirá à Alma e integrada a Nova Raça dos Titãs do Cosmos (fig. 9).
 
(Imagens retiradas do Livro "Gli Archetipi e il Serpente Piumato" de Tino Paglialunga)